Resenha O Menino Da Lista De Schindler

Postado Por Dicas Rodapé - segunda-feira, janeiro 08, 2018

Olá pessoal tudo bem? Semana começando e hoje a resenha é muito especial, esse livro estava na minha estante á bastante tempo e acredito que estava esperando o momento certo para ser lido, confesso que me emocionei muito com a leitura e gostaria de te-lo lido antes, mais enfim acho que ele veio no momento certo, vamos conhecer um pouco mais sobre essa história, bora lá!



O Menino da Lista de Schindler é um livro intenso e doloroso que nos apresenta a história de vida de Leon Leyson, quando jovem ele passou por uma das situações mais difíceis de sua vida, a Segunda Guerra Mundial e o que a tornava devastadora para esse menino e sua família é que eles eram Judeus.

Leon vivia com sua mãe e irmãos em Narewka uma pequena cidade na Polônia, lá ele viu seu pai trabalhar muito para mante-los e aprendeu desde cedo o quanto o trabalho era importante, seu pai era inteligente sabia muitas coisas e devido a isso conseguiu um emprego melhor em outra cidade Cracóvia, lá ele trabalhou mais e guardou cada centavo para que um dia pudesse trazer Leon e o restante de sua família para junto dele, isso demorou um pouco pra acontecer mais por fim estavam todos juntos e felizes em Cracóvia. 


Foi um tempo depois de terem se estabelecidos na nova cidade que a Guerra estourou e veio para separar a família do nosso jovem protagonista, as mudanças começaram a acontecer aos pouco e ele junto de seus irmãos viveram na pele o ódio trazido pelos nazistas. Foram expulsos de sua casa junto a outras milhares de famílias judias, colocados em um complexo que denominaram de Gueto, e aos montes eles se amontoavam nos pequenos metros quadrados que ainda restavam, naquele lugar Leon passou por dificuldade inimagináveis, fome, medo, frio, solidão mais sempre buscava forças para se manter firme e unido a sua família, o pai continuou trabalhando na fábrica de Schindler um nazista que parecia se importar mais com o judeus que qualquer outro naquele momento, devido a esse emprego muitas vezes sua família foi salva da morte e isso os ajudou durante praticamente todo o período da guerra.


Schindler ajudou Leon, seus irmãos, sua mãe e seu pai sempre que ele podia e conseguia, assim como outros judeus que trabalhou para ele em função dos nazistas, sempre que podia ele pagava propina aos soldados para conseguir o que queria ( alegava que os judeus eram muito importantes e úteis na produção de tudo que pudesse ser usado na guerra) e muitas das vezes funcionava bem, mais não impedia todo o sofrimento do judeus, todos os castigos, as doenças, a falta do que comer, e a morte em muitos casos. 


O livro nos mostra com detalhes o sofrimento de Leyson e sua família na luta pela sobrevivência, e nos conta como a ajuda de Schindler foi de extrema importância para eles e quase dois mil judeus, sem ele todos teriam morrido, conhecemos através de uma escrita simples e sensível a monstruosidade da guerra e como foi desumano o que fizeram aquele povo. A leitura em muitos aspectos foi uma narrativa em primeira pessoa dolorosa de se ler mais importante de se conhecer, o mais assustador para mim foi saber através da história de Leon e sua família que durante aquele período enquanto todos passavam por inúmeras dificuldades no Gueto a população de cracóvia ( aqueles que não eram judeus) viviam como se nada estivesse acontecendo a poucos metros de suas casas.


O Menino da Lista de Schindler foi uma leitura extremamente difícil e ao mesmo tempo instrutiva, podemos ver através de todo o sofrimento do protagonista a importância de nos manter unidos a quem amamos, o quanto é importante termos fé e nunca desistirmos de lutar pelo que achamos importante, um livro que nos ensina o quanto o amor e a coragem tem poder sobre os homens. Espero que tenham gostado!

Um grande beijo e até a próxima! 
Leon Leyson com Marilyn J.Harran e Elisabeth B. Leyson|Biografia| 253 Páginas | Skoob | Editora Rocco|Compare & Compre: Submarino • Saraiva •Amazon| Classificação: 5/5

  • Compartilhar:

Você Também Pode Gostar

1 comentários

  1. Olá, tenho muita curiosidade de ler essa obra. Que edição mais linda <3

    Adorei saber sua opinião sobre a obra.

    Abraços

    ResponderExcluir