Resenha A Teoria De Tudo Jane Hawking

setembro 24, 2015

A magnitude dessa linda narrativa vai além do que podemos imaginar, contada pela primeira e unica esposa de Stephen Hawking ( um ser extraordinariamente brilhante) Jane Hawking nos mostrou um pouco do que é ser namorada e esposa de um brilhante cientista.


A principio imaginei que não fosse conseguir ler este livro devido a forma como foi escrito, mais minha curiosidade foi além da dificuldade na leitura que se tornou massante porém não deixou a desejar, Stephen Hawking sempre viveu com uma doença que torna seu corpo cada dia mais inútil quando tinha seus vinte e poucos anos foi diagnosticado com uma doença degenerativa e isso não o impediu em momento algum de demostrar seu brilhantismo, Jane se interessou por ele mesmo sabendo de sua condição física e sua inteligencia a cativou no primeiro instante, os dois começaram a namorar e descobrir a magia de um primeiro amor. Na evolução desse relacionamento mesmo sabendo sobre a doença de Stephen Jane aceita se casar com ele.


O que sabemos da vida é que o casamento é baseado em duas pessoas que se relacionam mais neste caso existe uma terceira, a doença de Stephen, mesmo assim com todas as dificuldades jane assumiu seu papel de mulher e cuidou com toda dedicação e amor de seu esposo, e teve que dividir o amor dele com a física, sabendo que se entrasse em guerra, a perderia logo de cara. Jane jamais ocuparia o lugar no coração de Stephen que a física ocupa então decidiu não lutar em vão. Ela não tem toda a atenção que gostaria de seu marido e percebemos durante a leitura o quanto ela é colocada de lado, Jane abre mão de seus sonhos e expectativas para cuidar de sua família e da carreira de Stephen que cresce a cada dia, lutou pelos deficientes físicos, enfrentou mundos e céus por ele, cuidou de sua carreira e se viu em seu limite como ser humano ao tomar conta de cada detalhe da vida de Stephen.



Jane sempre teve sua fé, e isso a levou a um confronto direto com seu marido, que não possuía a mesma crença alias não possuía crença alguma, Stephen se declarava ateu. Mesmo assim Jane não desistiu de sua fé era ela que lhe dava forças para continuar e essas diferenças teve um resultado que nós conhecemos bem hoje em dia. Ela foi destemida, forte, corajosa o suficiente para provar a si mesma do era capaz. Uma mulher que sofreu discriminação, foi rejeitada e mesmo assim não se deteve, sem sombras de dúvida Jane foi tão brilhante quanto Stephen.


A resenha de hoje é uma história completamente verídica e eu a recomendo com toda certeza, espero que tenham gostado, beijos até a próxima!

Voce Também Pode Gostar

2 comentários

  1. Menina, estou doida para ler este livro! Sou muito admiradora de Stephen Hawking, não só pelo cientista que ele é, mas pela sua trajetória. Esse já está na minha lista! Beijos!
    http://leituras-compartilhadas.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. É uma incrível história de superação, mais muito além disso de amor e respeito, Jane foi um esposa exemplar e seu amor os transformaram, super recomendo essa leitura!! Beijos!

      Excluir