Resenha Um Gato De Rua Chamado Bob James Bowen

julho 13, 2015

Olá pessoal a resenha de hoje é sobre uma leitura muito linda e fofa, que nos traz uma mensagem de amizade e carinho entre um gato e um artista de rua, espero que gostem!

Sinopse:Quando James Bowen encontrou um gato ferido, enrolado no corredor de seu alojamento, ele não tinha ideia do quanto sua vida estava prestes a mudar. Bowen vivia nas ruas de Londres, lutando contra a dependência química de heroína, e a última coisa de que ele precisava era de um animal de estimação. No entanto, ele ajudou aquele inteligente gato de rua, a quem batizou de Bob (porque tinha acabado de assistir a Twin Peaks).

Depois de cuidar do gatinho e trazer-lhe a saúde de volta, James Bowen mandou-o embora imaginando que nunca mais o veria. Mas Bob tinha outras ideias. Logo os dois tornaram-se inseparáveis, e suas aventuras divertidas — e, algumas vezes, perigosas — iriam transformar suas vidas e curar, lentamente, as cicatrizes que cada um dos dois trazia de seus passados conturbados.

Um Gato de Rua Chamado Bob é uma história comovente e edificante que toca o coração de quem a lê.



"Ele era um morador de rua sem qualquer esperança, até que encontrar um gatinho cor de laranja"


É uma tarde de outono em convent garden, Londres trabalhadores correm para o almoço, turistas brotam de todos os lados e clientes entram e saem das lojas. No meio de tudo isso está um gato. Usando  um vistoso lenço union jack em volta do pescoço e cercado por uma multidão de 30 espectadores de boca aberta. Bob o gatinho cor de laranja sorri é sorri timidamente.
Próximo a ele, está seu dono James Bowen com seu violão surrado, cantando musicas do oasis. Então, ele para de tocar e se abaixa para Bob  " vamos, Bob, mexe os bigodes, levanta uma pata e a estende para James. A multidão assobia.Não é todo dia que se vê um gato sentado calmamente no centro de Londres aparentemente sem se abalar com barulho das sirenes, os carros passando e todo movimento , mas Bob não é um gato comum.



A leitura desse livro me fez ver o quanto somos responsáveis pelas vidas dos outros em todos os sentidos sendo humanos ou animais, me mostrou o quanto precisamos de ajuda e o quanto é bom estarmos unidos para enfrentar nosso problemas, o leitor imagina que quem salvou Bob foi o James por recolher ele da rua cuidar dele e alimenta-lo, mais a verdade é muito simples, foi o contrário, Bob foi quem salvou James do declínio, se tornando amigo dele e o ajudando a se reerguer das drogas e vida sofrida na rua.

Após ajudar Bob a se recuperar o gatinho laranja passa a acompanhar seu novo dono pelas ruas de Londres em apresentações musicais e o púbico adora a presença dele valorizando ainda mais o trabalho de James é lindo de ver o relacionamento dos dois e como se tornaram grandes amigos.



Voce Também Pode Gostar

0 comentários