Resenha Orgulho e Preconceito Jane Austen

julho 07, 2015

Hoje eu terminei minha leitura da semana comecei ela na terça feira passada e consegui concluir confesso que foi um pouco difícil porque já fazia um tempinho que não pegava um livro com quase 500 páginas, isso mesmo quase isso galera, mais enfim vamos lá.

Sinopse:Jane Austen inicia Orgulho e Preconceito com uma das mais célebres frases da literatura inglesa: "É uma verdade universalmente reconhecida que um homem solteiro e muito rico deve precisar de uma esposa". O livro é o mais famoso da escritora e traz uma série de personagens inesquecíveis e um enredo memorável. Austen nos apresenta Elizabeth Bennet como heroina irresistível e seu pretendente aristocrático, o sr. Darcy. Nesse livro, aspectos diferentes são abordados: orgulho encontra preconceito, ascendência social confronta desprezo social, equívocos e julgamentos antecipados conduzem alguns personagens ao sofrimento e ao escândalo. Porém, muitos desses aspectos da trama conduzem os personagens ao auto-conhecimento e ao amor. O livro pode ser considerado a obra prima da escritora, que equilibra comédia com seriedade, observação meticulosa das atitudes humanas e sua ironia refinada.




O livro em questão é Orgulho e Preconceito da Jane Austen é uma clássico e foi meu primeiro romance de época, a história se passa no século dezenove, a autora descreve com muitos detalhes e requinte como as filhas eram naquela época criadas e educadas por suas famílias, com um único proposito de casar e ter um bom marido, rico, que possa lhe oferecer uma vida confortável e luxuosa.


Porém com  Elizabeth as coisas não funcionavam assim ela e sua irma Jane tinham uma opinião diferente sobre casar-se onde deveria haver amor antes de aceitarem se unir a alguém, no decorrer da história a autora conta sobre umas das irmãs de Elizabeth e Jane, seu nome era Lidya e essa por si era a mais tola das irmãs vivia de um jeito fútil onde pouco se importava com sua família cometendo os mais grotescos erros de conduta e se mostrando muito imatura e irresponsável, prejudicando a imagem de todos e o futuro de suas irmãs de certa forma com atitudes tão mesquinhas, por fim teve um casamento feito as pressas com um homem de caráter duvidoso onde não poderia ser feliz por muito tempo, mais Jane e Elizabeth durante toda a história sofreram cada um por seu amor de sua forma e maneira, no final todo o sofrimentos e angustia  foi recompensado ambas puderam ter o prazer de se casar com homens maravilhosos e que por sinal são muito amigos proporcionando as duas uma vida feliz e agradável ao lado de seus amores.



Minha primeira leitura dessa autora foi muito intensa, no começo fiquei em duvida se iria gostar do conteúdo do livro pois trata-se uma leitura difícil, mais mesmo assim no decorrer do livro percebi que o romance apesar de não ter emoções tão fortes quanto aos últimos livros li retrata bem a vida daquela época fazendo com sua imaginação fosse longe imaginando os cenários descritos, enfim recomendo para quem esta afim de uma leitura mais tranquila, beijos e até a próxima.

Você também pode gostar

0 comentário